CBBlogers

Colaboradores

ME NOTA: O que não fazer para chamar a atenção

Voltamos com mais um post na nossa série, e hoje vamos falar sobre algo muito sério: o que você não pode fazer para chamar a atenção. Nós sabemos que tem mil maneiras de fazer isso, mas nem todas são válidas ou boas. Até porque, você pode fazer isso da forma errada e não é isso que queremos.

Com o crescente número de blogueiras não é estranho vermos algumas delas ”mendigando” algumas parcerias, produtos e até divulgação. Eis aí a diferença entre uma marca te conhecer e querer fechar uma ação com você, te colocar no mailing ou nunca querer trabalhar com você. Preparados para o puxão de orelha? Vem cá conferir as dicas do que não fazer:

Mendigar

Já falamos sobre isso, já mencionei ali em cima, mas não é suficiente, nunca é. Gente, não mendiguem parcerias. É sério! Se a marca quer fechar algo com você ela vai entrar em contato. Pelo amor de Deus, não vá na última foto postada no instagram deles e comentar: ”Oi, vocês fazem parceria?”. Por que sabe o que eles vão fazer? Te notar. Da forma certa? NÃO. Isso não é nada profissional, pior ainda: É feio! Tanto para você quanto para o resto de nós. Já disse também outras vezes que esta é uma profissão muito recente e ainda tem marcas que não entendem muito bem como funciona, né? Imagina se alguém vai lá e comenta isso em alguma foto dessas marcas inexperientes, o que elas vão pensar do resto das blogueiras? Pois é.

Já dei uma dica do que fazer caso você se identifique muito com a marca e queira propor uma parceria, veja aqui nesse post. Se não for assim, é melhor você não propor parceria para a marca.

Insistir

Você entrou em contato com uma marca e eles te disseram que não fazem parceria ou simplesmente não responderam? Não insista! É claro que o seu e-mail, mensagem ou o que for possa ter passado batido e é muito ruim não receber uma resposta de qualquer e-mail que você mande, mas ficar insistindo é chato não acham?

Pensem como se fosse uma marca que você não gostasse fazendo isso com você, e entenda também o lado deles. Infelizmente você amar muito uma marca não é o suficiente para eles fecharem uma parceria. Então calma que uma hora a chance chega!

Resenhas de sachê

É impossível você testar um produto com um sachê. Sério, impossível. Você pode ter odiado ou amado ele com essa amostrinha que recebeu, mas não vai saber o resultado real de um produto se não usar mais de uma vez. E sabe o que isso causa? Falta de credibilidade. Se você fala de um produto sem realmente testar os seus seguidores não vão acreditar mais em você, certo? E quem vai querer fechar parceria com alguém que não tem credibilidade? Se você tivesse uma marca, também não gostaria, né? Além disso, como já disse, queima o filme de outras meninas.

Vou ser bem clara e sincera, como sempre sou: É ótimo para uma marca quando o nome dela ou do produto está no seu blog, no seu video ou rede social, mesmo sendo um sachê. Sabe quanto isso custa para a marca? R$0,00. Imaginem um monte de gente fazendo propaganda de graça para ela. Acham que depois ela vai querer anunciar? Então! É imprescindível que vocês coloquem valor no trabalho que fazem, para que todo mundo dê valor. Viram como isso é ruim por qualquer lado que você olhe?

Prostituição

Ser notado por uma marca é algo maravilhoso, eu chego a sentir borboletas no estômago como quando me apaixono, sério. Mas tudo tem o seu limite. Vou falar de novo o que disse ali em cima:

Coloque valor no seu trabalho! Não é nada legal uma marca exigir de você MIL coisas e querer te dar produtos em troca. Por muito que você queira demais testar o produto, ame demais a marca, ache que é algo incrível, tudo tem seu limite. Pensa assim: até que ponto é vantajoso para você? Você vai ganhar algo com isso (visibilidade, oportunidades, $$$) além de produtos? Se a resposta for sim, faça. Se você pensou por mais de cinco segundos, repense. Pense que você gastou com câmera, luminária, cenário, domínio, TEMPO, luz, esforço. E sabe quanto custa para a marca uma permuta? Quase nada.

Se você faz de graça um trabalho gigantesco (vídeos específicos, ter datas marcadas, fotos específicas) e não ganha nada com isso, você está pagando para trabalhar, saiba disso. E se você colocar o preço de mercado de graça, fica muito difícil de outras meninas e você em um futuro ganharam com isso. Concorda?

Eu sei que parece que estou falando mal das marcas nesse post, e NÃO, não mesmo. É claro que elas vão tentar vários tipos de parcerias com todo tipo de meninas, mas vocês precisam lembrar que quem aceita isso, ou não, somos nós. Vocês precisam fazer a parte de vocês para que uma marca valorize e queira realmente fechar algo com vocês. No próximo post vamos falar disso. O que acham? Gostariam das dicas do que fazer? Me conta aqui nos comentários! Te espero lá daqui a pouco então, até já!


Quer receber as melhores dicas para blogs? Registre-se no CBBlogers e acompanhe as novidades!

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar

Comentários

  1. Foto de perfil de tudoarrumado

    Ótimas dicas, adorei! Ás vezes as parcerias demoram a chegar, mas temos que ter paciência mesmo. Aos poucos elas chegam.

    Responder
  2. Foto de perfil de Josi Maia

    Estou amando as dicas… 😉

    Responder
  3. Arrasou nas dicas, é isso mesmo!! Temos que dar valor ao nosso trabalho. É como você falou, com o tempo as parcerias chegam.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.


*


CBB no PFW - ULTIMO DIA!
  
Pular para a barra de ferramentas