CBBlogers

Dicas Tech

Quero começar a fotografar, e agora? Parte III

por Amanda Fernandes em Dicas Tech, Fotografia

fevereiro 11, 2015 0

Você quer começar a fotografar e ainda não sabe por onde? Nesta série de posts que eu e a Eloah estamos fazendo, vamos te ajudar a se encontrar no belo mundo da fotografia. No primeiro post te ajudei a encontrar qual o tipo de câmera é a ideal para você, no segundo a Eloah te mostrou como funcionam os cartões de memória para você comprar o que será perfeito para seu objetivo, e no post de hoje eu vou te ensinar a importância do tripé.

O USO DO TRIPÉ

O tripé é um dos acessórios mais importantes e necessários para quem fotografa. Você pode ter o melhor equipamento do mundo, a última geração de câmeras com super estabilizador, se sua foto tremer, ou desfocar (sem que seja proposital) acabou seu trabalho.

A criatividade na fotografia é uma das principais formas de se dar bem, e em muitos momentos onde a criatividade aflora, ainda mais se for a noite, você com certeza sentirá muita falta dele. Já pensou querer tirar uma foto de cima de um objeto alto? Como você faria?

Uma outra vantagem do tripé, é que ele deixa você pensar no próximo click, fazendo com que menos fotos indesejadas sejam batidas e com certeza faz com que as fotos fiquem ainda melhores.

OS TRIPÉS

É claro que o melhor tripé do mundo é o que você puder comprar, mas alguns detalhes são super importantes na hora de escolher o seu. Os preços variam muito, vão de R$50 a mais de R$1000.

Os tripés mais baratos, que são para amadores, te ajudarão em fotografias de longa exposição onde a velocidade da câmera esta baixa. Porém seu material não é tão bom, as travas são fracas, não aguentam muito peso e nem pressão. Se você tem uma câmera compacta ou super zoom (sem lente) ele te ajudará bastante. Estes são super leves, fáceis de carregar, e as vezes cabem numa mochila. Estes chegam a 120 cm de altura, mais ou menos.

Os mini tripés são excelentes para algumas ocasiões onde você só não quer a sua câmera em contato com o chão, ou outras superfícies deste tipo. Até com estes pequenos você precisa se preocupar com a qualidade SEMPRE.

Os tripés profissionais são mais pesados e mais robustos, normalmente de adaptam melhor a várias superfícies, pois os seus pés são móveis e emborrachados. Existem inúmeros modelos de diversos materiais, os mais comuns são de alumínio, os de fibras de carbono mais resistentes e os de liga de basalto são mais caros e muito mais leves.

Da mesma forma que a decisão de qual câmera comprar irá depender do seu objetivo, o seu tripé também. Pense sempre no pra que você precisa dele.

Por exemplo: um tripé amador, irá te ajudar a manter uma câmera leve e compacta em cima dele, ele até irá estabilizar uma câmera mais pesada, mas nem pense em sair de perto delas num tripé destes. Já pensou um descuido e sua câmera vai pro chão? Ou se você esta num ambiente externo e bate um vento e leva o tripé com a câmera pra longe?

Se você puder, compre um tripé profissional, ele irá durar muito mais, e com certeza o seu equipamento estará mais seguro em um desses.

Te ajudei a entender porque ele é importante? Deixem suas dúvidas nos comentários. =)

Tripés para fotografia

CBBlogers by Amanda Fernandes
Quer saber mais sobre a Amanda? Acesse o seu blog Marola com Carambola.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.


*


#CNB2018 - VÍDEO OFICIAL
  
Pular para a barra de ferramentas